• Bianca Ladeia

O mercado da moda

Atualizado: 8 de Out de 2019

Nos últimos dez anos, o segmento da moda movimentou bilhões na economia nacional e foi um dos setores com maior destaque de crescimento. Com isso, várias profissões ligadas à moda também ganharam grande visibilidade e interesse.



No entanto, um ponto importante é entender que gostar de moda e trabalhar com moda são coisas totalmente distintas. Além de curso superior na área, o profissional deve estudar e se capacitar para exercer as profissões do segmento de maneira adequada e responsável.

Conheça as diferenças entre profissões de imagem e moda:


Personal stylist: Esse profissional analisa informações como biotipo, cor da pele e preferências pessoais para apresentar marcas e lojas adequadas ao cliente. Auxilia na criação de produções para conseguir harmonia estética no visual e trabalhar segurança e autoestima nas pessoas.


Personal shopper: Esse é um atendimento pontual para determinadas ocasiões, como uma festa, um evento importante ou mesmo para pessoas que não tem tempo de ir às compras.


O personal shopper faz compras com o cliente, apresentando o que há de melhor na moda que se adeque às necessidades daquele momento. O cliente aprende a fazer compras objetivas e direcionadas, analisando custo benefício e levando para casa apenas o necessário. Uma aula sobre consumo inteligente.

Figurinista: Criar figurinos e desenvolver roupas performáticas é o trabalho desse profissional. O figurinista estuda e dá vida a personagens.


Profissional do visagismo: Através de uma análise facial bem estudada, o profissional consegue harmonizar a face do cliente com corte de cabelo, maquiagem e formato de sobrancelha adequados.


Consultor de imagem: O estudo científico da comunicação não verbal como a roupa, a música e os aromas, se dá através da Semiótica. Na consultoria de imagem, ainda combinamos todos esses estudos com conhecimentos de sociologia e psicologia. A imagem é o meio de comunicação que transmite informações sobre o indivíduo. Somos analisados antes mesmo de nos apresentarmos ou iniciarmos uma conversa, através do nosso visual e do nosso comportamento. A percepção que se tem de uma pessoa é o conjunto apresentado entre o seu discurso e o “discurso” da sua imagem. Sendo coerente, há credibilidade.


O consultor de imagem desenvolve um trabalho de autoconhecimento e autodesenvolvimento, indo a fundo em seu cliente. Analisa quem ele é, os ambientes frequentados, as pessoas com quem ele convive e se a imagem percebida pelos outros é verdadeiramente a imagem projetada e desejada. Analisa quem ele quer ser e desenvolve um projeto de construção de imagem envolvendo todas as áreas da imagem e personalidade.

0 visualização

Bianca Ladeia 2019 - Todos os direitos reservados. CNPJ 127653250001-44

Rua Ministro Orozimbo Nonato, 442. Sala 1107. Nova Lima -MG