• Bianca Ladeia

Moda e comportamento – Parte I

Atualizado: 27 de Set de 2019


Há um ano, escrevi minha primeira coluna aqui no jornal. Incrível poder compartilhar com vocês um pouco do meu trabalho. Para marcar essa data, resolvi relembrar as frases que mais geraram retorno e dúvidas nas minhas redes sociais. Continuo aguardando o contato de vocês, para trocarmos boas ideias.


- A forma como as pessoas se vestem comunica o estilo, a acessibilidade, o que pensam e, possivelmente, o que querem. O carinho e cuidado com que um indivíduo cuida da aparência diz tudo sobre ele. É, sobretudo, um meio eficaz para abrir e fechar portas.

- Existe a falsa impressão de que, para estar bem vestido, é preciso ter um armário abarrotado de roupas. Isso é um grande engano! É necessário um guarda-roupa funcional, com peças versáteis, de estilos coerentes e que valorizem o corpo de quem as usa.

- A forma como você se veste é determinante para uma boa primeira impressão. Contribui para uma relação imediata de confiança e credibilidade.

- Como confiar um trabalho a uma pessoa que não consegue nem cuidar de si mesmo? 

- A aparência é uma extensão da nossa personalidade. Inconscientemente, o nosso cérebro faz uma ligação imediata com a mensagem visual que recebe, criando referências positivas ou negativas. 

- Pessoas com autoestima bem trabalhada e elevada são mais felizes, confiantes, seguras e independentes. Com isso, tanto na vida pessoal, quanto profissional, tudo flui de outra maneira. 

- A comunicação congruente é uma combinação satisfatória entre o que você diz, como se comporta, o que as pessoas veem e a emoção que causa no seu interlocutor.

- Independentemente da sua profissão, se você é um empreendedor, celebridade, executivo, prestador de serviços ou vende produtos, precisa entender que você é a sua principal marca. E a marca pessoal precisa ser pensada e construída de maneira assertiva e inteligente, da mesma forma como você se preocupa com a fachada e logomarca da sua empresa.

- A imagem/marca pessoal é a forma como você é lembrado pelos outros, o cartão de visitas. O que determina empatia ou repulsa. O que deseja que as pessoas associem a você quando elas pensam em seu nome? Sua comunicação não verbal (imagem/comportamento) é convincente? Suas principais qualidades estão associadas à sua imagem?

- Não há nada mais transformador na vida de uma pessoa do que autoestima e autoconhecimento. Aprender a vestir-se de si mesmo e apresentar ao mundo quem de fato você é, se sentindo seguro com isso, é o caminho.

- Além da percepção da imagem, são completamente absorvidas pelos outros a segurança e a credibilidade que você passa. E a nossa imagem tem o poder de abrir e fechar portas com a mesma facilidade.

- Vai além das roupas! É mudança, facilidade, satisfação, inteligência e amadurecimento. Gente inteligente facilita a vida. E para facilitar a vida e abrir portas, não basta ser bom, é preciso parecer bom.

0 visualização

Bianca Ladeia 2019 - Todos os direitos reservados. CNPJ 127653250001-44

Rua Ministro Orozimbo Nonato, 442. Sala 1107. Nova Lima -MG