• Bianca Ladeia

Como se vestir para uma entrevista de emprego?

Atualizado: 9 de Out de 2019


Tão importante quanto conhecimento, experiência profissional e habilidades, sua imagem pode ser um ponto decisivo para conseguir a vaga de emprego que busca. A forma como você se veste é determinante para uma boa primeira impressão. Contribui para uma relação imediata de confiança e credibilidade com o recrutador.


O mercado de trabalho mudou muito. A competitividade entre empresas vem fazendo com que os diferenciais dos profissionais, como uma marca pessoal bem alinhada aos padrões da empresa, seja um ponto primordial. Por isso, alguns fatores devem ser levados em consideração na hora de se vestir para uma entrevista de emprego. 


Pesquise sobre a empresa e entenda o seu nível de formalidade. Existem vários perfis de empresas: casuais, contemporâneas, formais. Depende do negócio, gestão, estilo dos proprietários e posição de mercado. Não adianta querer impressionar e ir de terno e gravata para uma empresa onde todos trabalham de jeans. A imagem transmitida será de inadequação de perfil com a instituição.


Excessos causam, na maioria das vezes, uma péssima impressão. A sua imagem deve facilitar o contato, passando credibilidade, segurança e confiança, mas não deve sobressair das suas habilidades. Evite decotes, roupas justas e curtas, transparências e salto muito alto ou que fazem barulho ao andar. Cuidado com o excesso de maquiagem, bijuterias ou joias exageradas, cores e estampas marcantes.


O traje recomendado para essa situação deve ser criado com roupas de cores neutras (branco, nude, marinho, bege, preto) e modelagem clássica. É importante deixar de lado o ‘’fashionismo’’ das tendências. Use sapatos sempre fechados (sandálias ou mesmo sapatos que deixam o pé a mostra, não são adequados); acessórios pequenos e maquiagem sutil.


Outros aspectos que mostram as características da sua personalidade são cuidados pessoais e higiene. Unhas precisam estar bem cortadas e limpas; cabelos alinhados e com aspecto de limpeza; roupas bem passadas e conservadas; sapatos impecáveis; barba bem feita e perfume sutil. A aparência precisa estar perfeita, porque infelizmente, os pontos fracos têm o poder de prender a atenção das pessoas e tirar o foco do que realmente é importante.


Estilo é o conjunto de preferências pessoais. Para o trabalho, dependendo do nível de formalidade da empresa, é necessário abrir mão do que gosta e adequar-se ao código de vestimenta da mesma. Para as pessoas muito ligadas à moda, é possível alinhar o estilo pessoal ao dress code da empresa, usando bom senso e lembrando que a marca pessoal diz tudo sobre o profissional.


Afinal, como confiar um trabalho a uma pessoa que não consegue nem cuidar de si mesmo? Pensem nisso!

0 visualização

Bianca Ladeia 2019 - Todos os direitos reservados. CNPJ 127653250001-44

Rua Ministro Orozimbo Nonato, 442. Sala 1107. Nova Lima -MG